desabafos

Verdadeiro sentido

Não vou deixar  meus filhos acreditarem em coelhos da Páscoa e em Papai Noel.
Uiii, que fria, você diz, mas gente, qual é a moral de se fazer uma criança acreditar em algo que não existe, ou melhor, existe para aumentar a vontade de se consumir muito além do seu décimo terceiro?

Quando eu era pequena, acreditava que um senhor querido vestido de vermelho, que carregava um saco enorme, traria meu presente SE eu me comportasse bem o ano inteiro, ou que um coelho me daria ovos de chocolate.

Aham, senta lá Claudia.

Mas e a verdadeira história por trás dos presentes? Onde fica? O que estamos celebrando?

Pensei nisso quando vi a loucura que estava o supermercado perto da minha casa com pessoas atrás de ovos de Páscoa (pareciam aqueles personagens do seriado Walking Dead atrás de cérebros, hahahaha, to brincando).

Sério. O que realmente comemoramos na Páscoa e Natal, são a reissureição de Cristo e o nascimento Dele e não a chegada de um animal irracional peludo que uma vez por ano traz ovinhos de chocolate, ou em um senhor gordo, barbudo e com boxexas vermelhas, que se existisse, não conseguiria carregar nem a própria pança.

Estas celebrações não são como antigamente em que toda família se reunia para aproveitar o tempo juntos,rever aqueles primos que te enchiam o saco quando menores ou aquela tia que sempre acha que você esta gorda e que precisa casar.

Agora, todos correm como loucos atrás de ovos de chocolate e presentes para todos.

Certa vez, uma amiga minha da Polônia disse que nunca tinha visto tamanha loucura com a chegada do Natal aqui no Brasil. Até achou estranho o marido dela (brasileiro) comprar vários presentes para a família.

Isso porque lá, o Natal é celebrado com um jantar com a família toda reunida, onde fazem orações para agradecer e depois da janta, saem nas ruas para dar Feliz Natal aos vizinhos e amigos.

Dar presentes é massa, mas quando a pessoa está realmente a fim de presentear e não obrigada.

Ano passado, eu tive um Natal semelhante, só com jantar, minha enorme família reunida (eu, meu pai, minha mãe e meu marido) e uns amigos. Sem presentes. E foi ótimo.

 

 

 

 

Anúncios
Padrão

Um comentário sobre “Verdadeiro sentido

  1. As melhores lembranças de Natal que tenho da minha infância continha ambos: o presente que eu tanto queria e a família toda reunida… a dedicação da minha mãe, que ama cozinhar e ficava feliz de fazer isso (ela sabia que seria muito elogiada depois, rs), e só tinha felicidade… acho que quando tudo foca só em presentear, e perde a essência principal deve ser revisto.
    beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s