casamento, homens

São todos iguais

Antes de casar, todas as mulheres com quem conversei – incluindo a minha mãe – me disseram que casar não é um mar de rosas, que homem é tudo igual, que isso, que aquilo, etc.
NOTA: Quero deixar bem claro que eu amo o meu marido, mesmo com todos os defeitos que ele tem.
Não tenho experiência de anos de casada, não tenho ainda minhacasa própria (mas já estamos vendo isso) e por enquanto não temos filhos (eu amo crianças, mas creio que elas devem vir
depois, quando o casal estiver estabilizado e não morando com os pais), mas pelo 6 meses juntos como marido e mulher, posso dizer que HOMENS SÃO TODOS IGUAIS MESMO!

Quando eu era solteira, reparava no comportamento do meu pai (que era o único homem que eu convivia todo dia) e do quanto que a minha mãe reclama/reclamava quando ele chegava em casa e deixava tudo desorganizado:
-Olha filha, tem que ter paciência com ele, porque senão eu o mato! Hehehe.
E eu toda garbosa dizia que ia nascer o homem que me faria catar as roupas sujas jogadas no chão.
Poisé, eis que esse homem nasceu e se chama Ronaldo.
O meu Ronaldo é um homem lindo, loiro, dos olhos verdes e lingua ligeiramente presa (acho um charme tá?) e eu o amo, mas como todo exemplar masculino, veio com alguns defeitos:

– Jogar roupas sujas no chão é uma que me tira do sério.
Eu: Custa você colocar no cesto?
Ele: Quando eu vou colocar, você já o fez!”. 

– Outra coisa que me faz urrar de raiva é usar palitos de dentes e deixar a toa em cima de móveis. Já tentei “curá-lo” quanto a isso (certo dia coloquei os restos dos palitos, dentro do remédio dele), mas infelizmente não consegui. Meu pai tem essa mania e eu me lembro muito bem da dor que eu senti quando um desses palitos entraram no meu pé quando pulava no sofá;

– Pedir tudo pra mim, exemplo, “amor, que roupa que eu coloco?”,”amor, pega água pra mim?”, “amor, minha cueca por favor?”, “amor, faz um suco de limão pra mim?”, etc.
Acho que essa mania tem fundamento. A minha sogra fazia faz tudo pelos filhos, desde jantinha na madrugada à roupinhas limpinhas em cima da cama, aí o cara já vem mal acostumado. Obrigada sogra;

– Sair com os amigos, acho super natural (desde que não seja balada). O meu Ronaldo sai com os amigos para tomar cerveja e falar da vida, dos outros, da vida dos outros de vez em quando e eu não ligo pra isso, mas quando eu saio com as minhas amigas, meu telefone parace central de telemarketing “Oi, onde você está? Vai demorar? Tá com quem? Quem é essa, eu conheço?”. Tá confesso que as vezes eu acho fofo essa preocupação;

– Ser dono do controle remoto é praticamente ser dono do mundo. Quer ver ele dar um piti quando pego o controle da mão dele e começo a mudar de canal. “Não Carol, eu não to afim de ver Esquadrão da Moda”.

São defeitos bobos e até engraçados (por isso que coloquei no blog), mas não que me façam arrepender de ter casado. Casar, conviver com uma pessoa totalmente diferente de você é difícil porque ela tem que acostumar com seus defeitos, seus costumes, seus pensamentos, seu jeito de ser, mas não tem nada melhor que estar perto de quem se ama e se admira.

Anúncios
Padrão

3 comentários sobre “São todos iguais

  1. Vanessa Duarte disse:

    kkk… adorei o post!! são manias e mais manias que esses maridos tem… aaahh mas até que é bom esses defeitinhos neles, imagine se fossem perfeitinhos,-colocar as roupas no cesto, jogar palito no lixo, arrumar a cama, não deixar calçado debaixo da cama (o meu faz isso, eu detesto) imagine, seria chato, e nós não teríamos nada pra fazer… rsrsrs! hahaha mas 6 meses de casada ainda são poucas as manias… vem mais por aí aguarde! e olha que vc ainda nao tem filhos, aí chegam os filhos com suas manias tbm… rssrrsrs boa sorte! beijo.

  2. piece-of-pixiie disse:

    Aaah, que lindo você ter paciência os defeitos do seu marido e achá-los engraçados. Eu ainda não sei o que é uma vida a dois, nem mesmo tive um namorado tão sério, mas tenho vontade de casar um dia, depois dos 30 se possível, rsrs.
    Beijão, bom finde.

  3. Mulher Vitrola disse:

    Ai Carol, eu ri tanto! Calma, não sou nenhuma fanática por sofrimento alheio… mas é que aqui tem um igualzinho, viu! Fico pensando se não é culpa minha… poxa vida, eles pedem tudo para nós… e quando eu tenho que viajar? Quando volto, a casa parece abandonada de tão suja e bagunçada! Incrível. A desculpa da roupa no cesto acho que vem de fábrica, né? São todas iguais… ai. HAHAHA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s